terça-feira, 2 de janeiro de 2018

Atenção! OMS classifica vício em games como distúrbio mental.


É a primeira vez que a organização inclui vício em videogames em lista de doenças mentais.
A Organização Mundial da Saúde (OMS) incluiu o vício em videogames em sua lista de distúrbios mentais. É a primeira vez que a organização reconhece o comportamento descontrolado para games como parte da lista de doenças mentais.
Descrito como “distúrbio de games”, a 11ª Classificação Internacional de Doenças (CID) diz que o vício em games se trata de um comportamento descontrolado e persistente, cuja gravidade é tão crítica que leva o jogador a “preferir os jogos a qualquer outro interesse na vida”.
Ainda de acordo com o documento, é caracterizada como viciada em games, a pessoa que: – Não tem controle de frequência, intensidade e duração do tempo em que está jogando; – Opta por jogar a realizar qualquer outra atividade da vida;  – Persiste no comportamento descontrolado de jogar, mesmo que o hábito já tenha se mostrado prejudicial.

A nova Classificação de Doenças Mentais diz ainda que é preciso observar o comportamento do viciado por, pelo menos, 12 meses. Entretanto, se os sintomas se mostrarem graves, o diagnóstico pode ser feito em tempo mais curto. (Pleno.News )

Nenhum comentário:

Postar um comentário