segunda-feira, 6 de março de 2017

Minha casa, minha vida, Res. Teotônio Vilela, da alegria da conquista à ...

É triste a realidade de milhares de famílias, que tiveram seus sonhos da
cada própria alimentados, e se darem conta de que, até agora, as sombras do
pesadelo sem reais. No Residencial Teotônio Vilela, a angústia da espera, já
ultrapassa a marca dos 4 anos,  no
Sebastião Régis, o alívio da casa própria até que foi real, mas, também está
sendo as dores do abandono...Nessa matéria, estivemos acompanhando um manifesto
no Teotônio Vilela, e ensejamos pra registrar também as angústias de quem
precisa trafegar pela Av. Liberdade na Vila cafeteira... veja!

Nenhum comentário:

Postar um comentário