segunda-feira, 25 de julho de 2016

Pré-candidato a prefeito de Buritirana, tem garantia de seu advogado, que sairá candidato, por que será?


Oportunas são as eleições, para que a população discuta política, e a diferencie de politicagem, e diante disso, vale umas considerações...

Em Buritirana, tem gente e/ou partido, recorrendo ao jurídico, ainda que na  fase de pré-campanha, para afirmar uma possível candidatura, já que, na forma da lei, dia 05 de agosto é prazo final para que, nas convenções, partidos político se decidam. Chamou-me a atenção uma matéria, veiculada nas redes sociais: “Advogado garante  Candidatura do André do Mundico” isso em resposta à percepção de muitos e muitas, buritiranenses, de que o homem não teria se descompatibilizado, isto é: se afastado,  das funções que desenvolvia à frente da UPA, o que implicaria riscos à sua candidatura, já que não cumpra, o que determina a justiça eleitoral.  Perguntar não custa, a não ser o tempo de ouvir e/ou ler tais perguntas: Como uma pessoa ou um partido, quer que o povo o escolha e lhe confie os destinos da cidade se,  por desobediência à lei eleitoral, tenha que recorrer à justiça para se firmar candidato? Considerando as habilidades de seu núcleo jurídico, digamos que convença a justiça eleitoral o registro da candidatura, não seria um mau sinal? Como pensar a cidade, se já começa a disputa eleitoral sob júdce, considerando os prazos recursais? É uma questão a ser refletida, sobre tudo pelo povo de Buritirana, afinal, eleições são oportunidades de analises, dos nomes, e  feitos de quem se apresenta com melhores condições para governar em sintonia com o povo.  Pelo que andei sondando, também a partir das discussões, nas redes sociais,  dos prós e contra, o atual prefeito, Vagtonio Brandão se encaminha para uma reeleição, isso, por ter segundo esses interlocutores, conseguido dá melhor visibilidade à cidade, atuando em todos os campos da gestão, chegando inclusive a ser premiado, como gestão empreendedora, e se governar é cuidar das pessoas, pelo que pude ver nos debates que acessei, as pessoas de lá estão vivendo melhor. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário