quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Corrente do Bem

                                                                                                                                
 
 
 “...só podemos pensar num país sem corrupção, se o nosso voto for honesto...”  Esse tem sido o tom dos discurso,  ao falar francamente no dia a dia da campanha da candidata a deputada estadual Mara La-Rocque, que tem encontrado guarida na vontade popular, povo este que seja nas reuniões articuladas e/ou nos encontros casuais com cidadãos e cidadãs insatisfeitos (as) com a política(gem) atual, seja nos caminhos pelos quais foram percorridos deis de o registro da candidatura. Somos obrigados a votar, mas, a escolha é nossa, é direito e poder individual que somado se configura numa força coletiva. A Corrente do bem, tem se fortalecido ao passo em que continua convocando a cada um e cada uma, para nas suas singularidades, procurar somar, compartilhar, dividir e pluralizar, tornar comum a todos (as). Logo, você que ainda não se achegou, aproxime-se!, veja! Ouça! Analise! Para fundamentar sua decisão, aquela que, desprovida de paixões, fanatismos  apontará para o voto consciente. Preparada, Mara tem encarado de frente as adversidades, sem recusa, escuta, escuta e escuta, para só então responder e quase sempre ser solidária, porém, sem perder a ternura, o  foco, que é fomentar a esperança e motivar quem d’ela se aproximar, para as necessidades de mudanças, mas, mudanças norteadas com rumo e ritmo certo ou pelo menos na direção da promoção da vida e, vida digna. “...A hora é agora! A decisão é sua!...”

Nenhum comentário:

Postar um comentário