quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

São todos inocentes,menos um.


Ante o cenário que se apresenta a Insegurança no Brasil, e direcionando uma olhar específico para a questão no maranhão, vê-se o quanto a covardia é sega. O judiciário fez de conta que agiu, o CNJ-MA colocou óculos escuros, a Comissão de direitos humanos da OAB-MA tirou uma soneca de olhos abertos e, por fim o Secretário de segurança não cumpriu as exigências que o cargo exigiu, preferiu terceirizar a vigilância carcerária, pagar mais caro, só pra agradar empresas do ramo, ao invés de chamar os concursados, que só agora pós-explosão da dinamite “Pedrinhas” cogita-se a convocação. Acostumados a mandar e desmandar no complexo prisional, claro que com a anuência dos “responsáveis” os chefões do crime ordenaram aos comparsas queimarem ônibus e pessoas, como forma de demonstração de poder e, com isso garantirem privilégios. Desde que a tropa de choque da PM, pontuou atuando na parte interna do presídio, que foram encontrando os instrumentos de operação do crime, a insatisfação dos “presos” vem se acentuando e, na vistoria da comitiva de senadores, ministério dos direitos humanos e companhia, uma das primeiras reivindicações foi? Que retirassem a polícia de campo; por outro lado a lista dos presos a serem transferidos para unidades federais, ainda não fora concluída, por quê? A dificuldade estaria em identificar quem é mais perigoso, ou na negligência dos ou do juiz responsável? A gora todo mundo é inocente e, só tem uma pessoa culpada. O juiz, na visão de faturar, (sim, a quem compete julgar criminosos? Faltam defensores públicos, nomeassem um advogado.) agora, emite um despacho exigindo que o governo crie um quantitativo de vagas em 60 dias, do contrário, multa diária... Na comissão de direitos humanos da OAB-MA, um grupo de advogados protocola um pedido de afastamento da governadora as vésperas das eleições e, isso resolve o problema carcerário? Onde eles estavam que não viam a realidade que não é de a gora? Uma pena que todo mundo descobriu a receita ou a mágica só agora? Na verdade sabiam sim, mas, guardaram consigo obtendo ou visando obter privilégios, vantagens financeira e/ou política, só se equivocaram na medição do tamanho do pavio da dinamite. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário